Que conceitos ambientais desconhece? Coloque-nos uma questão e poderá ver este glossário a crescer! 

 

A

Arquivo morto | Arquivo morto é a designação dada a um conjunto de documentos em papel guardados por um longo período de tempo e que já ultrapassaram a sua validade. Recepcionamos este resíduo, garantindo a sua valorização ambiental, bem como a sua efectiva destruição. Se necessário, emite uma declaração de abate/destruição do mesmo.

Aterro Sanitário | Destino final constituído por um terreno impermeabilizado onde são depositados resíduos de forma controlada, em camadas, sendo estes cobertos com terra para minimizar o seu impacte ambiental.

B

Biodegradável | Substância ou matéria que pode ser decomposta naturalmente no ambiente através de processos biológicos por acção de organismos vivos.

Betão | O betão é produzido a partir de uma mistura composta por água, cimento e agregados (areias, pedras britadas). Este resíduo é proveniente, maioritariamente, da actividade do sector da construção civil.

C

Cabo Eléctrico | Os cabos eléctricos são utilizados para condução de corrente eléctrica, constituídos por um único fio ou por vários fios condutores entrelaçados ou isolados entre si. Este resíduo poder ser encontrado em equipamentos eléctricos e electrónicos fora de uso.

Cartão | Papel grosso e consistente, utilizado maioritariamente como embalagem primária. Efetuamos a gestão de resíduos de papel e cartão, armazenando temporariamente estes resíduos nas nossas instalações após um processo de tratamento que se desenvolve em três fases:

  • Triagem dos resíduos por tipologia;
  • Remoção de outros resíduos não perigosos;
  • Acondicionamento (Contentor 35m3 / Fardo).

Posteriormente estes são encaminhados para valorização ambiental em destinos finais autorizados.

Compostagem | Processo de degradação biológica por acção de microrganismos aeróbios, que transforma matéria orgânica em material estável, rico em substâncias húmicas e nutrientes minerais, que pode ser utilizado como corrector de solos.

 

D

Descontaminação | Actividade que inclui a remoção da fonte de contaminação, bem como o confinamento e o tratamento necessários à minimização/ eliminação dos agentes poluentes e do seu impacte no ambiente.

 

E

Ecodesenvolvimento | Perspectiva actual do desenvolvimento que articula o crescimento económico com a gestão dos ecossistemas, com enfoque na protecção do meio ambiente e na preservação dos recursos naturais, considerando o contributo dos conhecimentos de cada região e/ ou cultura nas vertentes cultural, biológica, ambiental, social e política.

Embalagens Compósitas | Tratam-se de embalagens constituídas por mais que um material, onde a separação dos mesmos obriga a um processo industrial

Embalagens de madeira - Paletes | Embalagens de madeira ou também designadas por paletes são utilizadas para o armazenamento, transporte, movimentação e protecção de materiais. No final do seu ciclo de vida, estes resíduos devem ser devidamente triados para sua valorização ambiental/reciclagem.

Embalagens de Plástico sem cor |Embalagens de Plástico são utilizadas para o armazenamento, transporte e protecção de mercadorias e bens.
Na ECOPATROL os resíduos plásticos são sujeitos a triagem e acondicionados (Big-Bag’s/Fardos) para posterior valorização em destinos finais autorizados.

Embalagens de Plástico com cor | Embalagens de Plástico são utilizadas para o armazenamento, transporte e protecção de mercadorias e bens. Nas nossas instalações sujeitamos os resíduos a triagem e acondicionamento (Big-Bag’s/Fardos), para posterior valorização em destinos finais autorizados.

 

F

Fileira de Resíduos | Tipo de material que constitui o resíduo. Exemplos mais representativos:

  • Fileira dos vidros
  • Fileira dos plásticos
  • Fileira dos metais
  • Fileira da matéria orgânica
  • Fileira do papel e cartão

Ferro Industrial | Metal que apresenta magnetismo, uma espessura superior a 3 mm e uma das suas dimensões superior a 50 cm.

G

Gestão de resíduos | Actividade que inclui as operações de recolha, transporte, armazenamento e encaminhamento de resíduos para tratamento, valorização ou eliminação.

 

H

Habitat | Lugar e meio em que vive um organismo, espécie ou comunidade. Inclui factores:

  • Físicos: solo, luz, temperatura, humidade e outros;
  • Biológicos: os que dependem das actividades dos indivíduos e comunidades, p. e. a existência de alimento ou organismos predadores;
  • Exemplos: habitat terrestre, habitat marinho.

 

I

Inox | O inox é um metal não ferroso, sendo que os seus principais constituintes são o Ferro e o Carbono.
Este material tem como principal característica a alta resistência à oxidação e ao calor, pelo que é reciclável e sujeito a valorização económica.

Impacte Ambiental | Alteração significativa no meio ambiente (nociva ou favorável) resultante da actividade de uma organização ou particular.

float right

M

Madeira | A madeira é um material natural proveniente da exploração florestal. Este é um resíduo proveniente, maioritariamente, da construção civil, da movimentação de produtos e da produção e restauro de mobiliário.

Motores eléctricos | Motores eléctricos são dispositivos que transformam energia eléctrica em energia mecânica. Nas nossas instalações recepcionamos motores eléctricos e garantimos o seu encaminhamento para reciclagem em destino final autorizado.

Materiais de construção contendo gesso cartonado | Gesso Cartonado é um material de isolamento constituído por gesso e cartão. Este é um resíduo proveniente maioritariamente da construção civil, que pode ser aplicado em diferentes âmbitos quando reciclado: fabricação de moldes de gesso para a Construção Civil, correcção da acidez do solo na agricultura, absorvente de óleos, entre outros.

 

O

Óleos Usados | Óleos tornados impróprios para o uso a que estavam inicialmente destinados:

  • Óleos industriais lubrificantes de base mineral;
  • Óleos dos motores de combustão e dos sistemas de transmissão;
  • Óleos minerais para máquinas, turbinas e sistemas hidráulicos;
  • Outros óleos que pelas suas características lhe possam ser equiparados.

P

Pneus usados | Um pneu é um artefacto circular constituído essencialmente por borracha vulcanizada para o uso em viaturas. Estima-se que os pneus demoram cerca de 500 anos para se decomporem no ambiente, pelo que é crucial que estes sejam encaminhados para um operador de gestão de resíduos autorizado, para que sejam reciclados.
Após a recepção de pneus usados nas nossas instalações, acondicionamo-los correctamente e separamo-los de acordo com as seguintes tipologias: Ligeiros, Pesados, Industriais, Danificados e Maciços. De seguida, encaminhamo-los para destinos finais autorizados para que procedam à sua reciclagem.
Através da reciclagem de pneus podem-se produzir pisos industriais, solas de sapatos ou até tapetes para os automóveis.

Produtor (de resíduos) | Entidade (particular ou empresa), que em seu nome ou de terceiros, produza resíduos ou realize operações que alterem a natureza ou a constituição dos mesmos.

R

Resíduos Inertes | Resíduos que não sofrem transformações físicas, químicas ou biológicas importantes pelo que não podem ser solúveis inflamáveis ou biodegradáveis, nem aumentar a poluição ou prejudicar a saúde humana através do contacto com outras substâncias.

Resíduos Verdes / Biodegradáveis | Os resíduos verdes ou também designados por resíduos biodegradáveis são os resíduos provenientes da limpeza e manutenção de espaços verdes: árvores, troncos, ramos, relva, ervas e folhas.

Resíduos Perigosos | Resíduos que possuem determinadas concentrações de substancias que representam um risco para a saúde humana e /ou para o ambiente, de acordo com o anexo III do Dec.-Lei 73/ 2011.

 

S

Substâncias minerais / Entulho limpo | Substâncias minerais, usualmente designadas por entulho são resíduos provenientes da construção e demolição de estruturas em betão e alvenaria.
O entulho limpo é constituído por tijolo, betão, ladrilho, areia, pedra, telha e materiais cerâmicos excluem-se todos os resíduos de madeira, cartão, plástico e similares.

Salvado | O veículo com contrato de seguro automóvel que, em consequência de acidente, tenha sofrido danos que impossibilitem em definitivo a sua circulação ou afectem gravemente as suas condições de segurança, nos termos do art.º 13.º do Dec.-Lei n.º 44/2005. 

Constitui um resíduo nos termos da alínea u) do artigo 3.º do Dec.-Lei n.º 178/2006.

T

Tratamento (de resíduos) | Operação de valorização, eliminação ou alteração de características dos resíduos, para minimização do seu volume ou perigosidade e/ ou maior facilidade na movimentação, eliminação ou valorização.

V

Valorização ou recuperação de resíduos | Reaproveitamento de resíduos através de reciclagem ou valorização energética, incluindo a utilização, troca e acumulação dos mesmos no âmbito destas operações.

Exemplos:

  • Utilização como combustível;
  • Refinação e outras reutilizações de óleos;
  • Aplicação em tratamentos no solo em benefício da agricultura;
  • Reciclagem de papel e cartão, madeira, pneus, metais e plásticos.

 

Ficou com alguma dúvida? Contacte-nos para Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.